Realmente comer de 3 em 3 horas é bom?

Normalmente quem deseja emagrecer, ou somente possuir uma alimentação saudável, certamente já ouviu sobre a necessidade de comer de 3 em 3 horas. Mas será que isso é bom mesmo?

Infelizmente esse não passa de mais um mito sobre a alimentação saudável, pois não existe nenhuma comprovação cientifica que comprove que realmente comer de 3 em 3 horas ajude na perda de peso e tampouco na aceleração do metabolismo.

Você tem de entender que o importante é a qualidade do que você come, e não a quantidade. Não adianta nada você comer de 3 em 3 horas e suas refeições serem pobres de nutrientes, em especial os alimentos “fit” que geralmente são pura balela.

Aliás, pesquisas afirmam que comer de 3 em 3 horas pode até fazer você ganhar peso ao invés de perder peso. Pois em cada uma de nossas refeições, normalmente ingerimos cerca de 180 calorias, se em cada uma dessas refeições ingerirmos essas 180 calorias, certamente iremos ganhar peso.

Outra grande dúvida também que paira pela cabeça de muitos, é de que se não comer de 3 em 3 horas o corpo irá estocar gordura.

Outro mito! O metabolismo consome a energia da mesma forma, você fracionando ou não suas refeições. Por que? Porque a quantidade calórica será igual.

O que aumenta seu estoque de gordura não é a frequência de suas refeições e sim os alimentos que você ingere, principalmente se eles forem ricos em carboidratos.

Veja aqui mais dicas de como se alimentar de maneira saudavel

Os carboidratos se transformam em glicose muito rapidamente, estimulando a produção de insulina, e é justamente ela que fica responsável pelo bloqueio do gasto de suas calorias e na retenção de gorduras.

Outra grande dúvida é se você não comer de 3 em 3 horas, você perderá massa magra, pois o organismo a utilizaria como fonte de energia.

Isso só ocorre quando a pessoa se mantém por longos períodos sem se alimentar, porém, isso não significa que você terá de comer de 3 em 3 horas. E estamos falando de algo entre 16 a 28 horas sem se alimentar.

Para resolver isso, basta você fazer um lanche entre o café da manhã e o almoço e outro lanche entre o almoço e o jantar.

Então fique tranquilo que esse não será o problema se você não comer de 3 em 3 horas.

O que comer entre as refeições?

Para acertar no que comer entre as refeições, nos lanches intermediários, você precisa primeiramente ficar atento a quantidade de suas porções. Elas não devem ultrapassar de 10 a 15% de sua energia total diária.

Por exemplo, em dieta de 2 mil calorias diárias, isso implica que seu lanche intermediário não poderá passar de 200 calorias.

Frutas oleaginosas, como avelã, macadâmia, castanha de caju, castanha-do-pará e amêndoas, são excelentes opções de lanches intermediários. Mas claro, sem exagero! Cerca de 6 unidades de cada possuem 100 calorias.

Barras de cereais também são boas opções, por serem ricas em fibras, mas fique atento aos rótulos das embalagens, algumas possuem xarope de milho e glicose em sua composição, o que pode prejudicar sua perda de peso.

Cecilia Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *